Volta a Portugal: Vitória de Caldeira por milésimos em Castelo Branco, Alarcón mantém amarela

A W52-FC Porto venceu pelo segundo dia consecutivo na 79ª Volta a Portugal Santander Totta. Na chegada a Castelo Branco, o sprinter português Samuel Caldeira conquistou entre lágrimas a segunda etapa num sprint renhido ganho por 10 milésimos de segundo ao italiano Antonino Parrinello (GM Europa Ovini). Raúl Alarcón manteve a liderança da camisola amarela.

Depois de uma curta espera pela decisão do photo-finish, a vitória foi entregue a Samuel Caldeira, que declarou à RTP: “Ando à procura de uma vitória na Volta a Portugal há imenso tempo. Tenho inúmeros segundos lugares, mas de um ano para o outro os segundos lugares são completamente esquecidos e o que fica são as vitórias. É essa vitória que eu estou à procura.” Questionado sobre o que pensou quando cruzou a meta e sentiu que agarrou o primeiro triunfo da sua carreira na Volta a Portugal, Caldeira disse: “Acima de tudo, penso em toda a minha equipa, a confiança que deposita em mim prova atrás prova, apesar de eu por uma vez ou outra não vencer. E em toda a minha família, que sempre faz imenso sacrifício para que eu me possa manter à melhor forma.”

 
Vitória renhida de Samuel Caldeira em Castelo Branco (© João Fonseca / Volta a Portugal)

A mais longa etapa da Volta percorreu 214,7 km entre Reguengos de Monsaraz e Castelo Branco. Da região Alentejana à região da Beira Interior, este dia reservou ao pelotão uma primeira parte do percurso sem prémios de montanha e uma segunda parte com três subidas de média dificuldade: Monte Paleiros (3ª cat. km 125,8), Serra de S. Miguel (4ª cat. km 179,7) e Retaxo-Cebolais de Cima (4ª cat. km 202,2).

Aos primeiros quilómetros formou-se a fuga do dia composta por Pablo Guerrero (RP-Boavista), João Matias (LA Alumínios-Metalusa-BlackJack), o campeão nacional israelita Roy Goldstein (Israel Cycling Academy), Marco Molteni (Unieuro Trevigiani-Hemus 1896), Travis Samuel (H&R Block Pro Cycling), Jim Lindenburg (Metec-TKH Continental Cyclingteam p/b Mantel), Antonio Di Sante (GM Europa Ovini), Patrick Jäger (Team Vorarlberg), Pello Olaberria (Euskadi-Murias) e José Manuel Gutiérrez (Kuwait-Cartucho.es), mais conhecido por ‘El Gallu’.

Enquanto a vantagem dos 10 fugitivos foi crescendo até ao máximo de 5 minutos, lado a lado com a crescente temperatura a superar os 40º graus, atrás foi maioritariamente a equipa W52-FC Porto, do líder Raúl Alarcón, quem tomou conta do ritmo do pelotão.

A primeira subida de 3,7 km de Monte Paleiros, coroada por Goldstein, ditou o fim da aventura para José Manuel Gutiérrez, possivelmente pela dificuldade física pela qual está a passar, tendo-nos dito ontem estar a sofrer de dor de dentes, afectando também os ouvidos.

O grupo de 9 elementos continuou rumo aos restantes quilómetros da jornada, perdendo Olaberria à falta de 40 km. Seguiu-se a subida de 4,9 km da Serra de S. Miguel, coroada por João Matias, e a subida de 13,4 km Retaxo-Cebolais de Cima, onde Travis Samuel, Antonio Di Sante e Jim Lindenburg aumentaram o ritmo, deixando os restantes companheiros para trás.

No pelotão, a armada francesa Armée de Terre rendeu a lusa W52-FC Porto no comando da perseguição à fuga, com o primeiro líder da Volta Damien Gaudin e os seus companheiros a imporem o ritmo. Do trio na frente foi Travis Samuel a coroar a última subida do dia, terminando a fuga à falta de 3 km para o final, sendo o ciclista canadiano o mais resistente.

Os derradeiros 3 km ficaram marcados por quedas, que afectaram inúmeros ciclistas, entre eles Edgar Pinto (LA Alumínios-Metalusa-BlackJack), Rui Vinhas (W52-FC Porto), Rafael Silva (Efapel) e João Benta (RP-Boavista). Também alguns corredores tomaram o percurso errado rumo à meta, fora das baias de protecção.

A caótica chegada a Castelo Branco foi disputada entre o grupo que conseguiu escapar às quedas, no qual Samuel Caldeira e Antonino Parrinello lutaram pela vitória ao sprint. O ciclista luso vencedor da Taça de Portugal levou a melhor sobre o italiano, somando a W52-FC Porto a 2ª vitória na Volta e a 17ª vitória da temporada. O francês Stéphane Poulhies (Armée de Terre) fechou o pódio da jornada.

Raúl Alarcón (W52-FC Porto) cruzou a meta em 7º, mantendo a liderança da camisola amarela e por pontos. No segundo dia em fuga, Roy Goldstein (Israel Cycling Academy) subiu à liderança da montanha, Óscar Rodríguez (Euskadi-Murias) manteve o comando da juventude, Amaro Antunes (W52-FC Porto) do combinado e a W52-FC Porto a liderança por equipas.

Amanhã, a terceira etapa disputa-se entre Figueira de Castelo Rodrigo e Bragança, num total de 162,7 km.
 
Photo-finish da 2ª etapa Volta a Portugal (©Classificações.net)

Resultados Et2 [resultados completos]
1º Samuel Caldeira (Por) W52-FC Porto 5:38:16
2º Antonino Parrinello (Ita) GM Europa Ovini mt
3º Stéphane Poulhies (Fra) Armée de Terre mt
4º Jason Lowndes (Aus) Israel Cycling Academy mt
5º Fabian Lienhard (Sui) Team Vorarlberg mt
6º César Fonte (Por) LA Alumínios-Metalusa-BlackJack mt
7º Raúl Alarcón (Esp) W52-FC Porto mt
8º Domingos Gonçalves (Por) RP-Boavista mt
9º Matteo Rotondi (Ita) GM Europa Ovini mt
10º Amaro Antunes (Por) W52-FC Porto mt

Classificação Geral
1º Raúl Alarcón (Esp) W52-FC Porto 10:40:45
2º Alejandro Marque (Esp) Sporting-Tavira +6s
3º Domingos Gonçalves (Por) RP-Boavista +15s
4º Rinaldo Nocentini (Ita) Sporting-Tavira +16s
5º Gustavo Veloso (Esp) W52-FC Porto +17s
6º Sérgio Paulinho (Por) Efapel +20s
7º Amaro Antunes (Por) W52-FC Porto +22s
8º Rui Sousa (Por) RP-Boavista +25s
9º Vicente de Mateos (Esp) Louletano-Hospital de Loulé 29s
10º Davide Rebellin (Ita) Kuwait-Cartucho.es +32s
11º César Fonte (Por) LA Alumínios-Metalusa-BlackJack +34s
12º Jesús Ezquerra (Esp) Sporting-Tavira +45s
13º Samuel Caldeira (Por) W52-FC Porto +46s
14º Óscar Rodríguez (Esp) Euskadi-Murias +47s
15º Daniel Mestre (Por) Efapel +48s
16º David de la Fuente (Esp) Louletano-Hospital de Loulé +48s
17º Edgar Pinto (Por) LA Alumínios-Metalusa-BlackJack +52s
18º Ricardo Mestre (Por) W52-FC Porto +53s
19º Filipe Cardoso (Por) RP-Boavista +54s
20º Henrique Casimiro (Por) Efapel +55s

 ______
Ver também:

Sem comentários:

Enviar um comentário