Henrique Casimiro: “Seguramente iremos dar luta”

O Cycling & Thoughts entrevistou Henrique Casimiro em Belém, na apresentação das equipas da 79ª Volta a Portugal Santander Totta. O ciclista luso de 31 anos partilha a liderança da equipa Efapel com o experiente internacional luso Sérgio Paulinho na luta pela conquista da camisola amarela.


Henrique Casimiro chega este ano à Volta depois de brilhar em 7º lugar da edição anterior e com expectativas de lutar pela geral.

HC: “As minhas expectativas são as de sempre. Partimos para cada prova com o objectivo de vencer. É um orgulho poder partilhar equipa e esta posição com o Sérgio Paulinho, que sempre foi uma referência para mim e já lho disse várias vezes. Ele pensa que estou a brincar, mas é a verdade… eu até me sinto pequenino ao pé do Sérgio. Vamos lutar para que o Sérgio consiga discutir a Volta, embora eu também tenha liberdade para isso. Mas a nossa peça chave é o Sérgio, também pelo percurso se adaptar melhor a ele do que a mim. Vamos tentar manter-nos como até aqui, a nossa força é o grupo, é o bloco, e vamos tentar combater as principais equipas.”

A consistência de resultados de Henrique Casimiro tem vindo a aumentar de ano para ano, principalmente desde que chegou à Efapel. Explica-nos o que mudou.

HC: “Mudou acreditarem em mim. Chegar aqui e dizerem ‘tu não és para fazer isto, mas sim para fazer isto’. Têm-me dado confiança ao longo de cada corrida e ter uma equipa como a Efapel a trabalhar para mim em certas corridas dá-me uma força psicológica muito grande. O fluir de resultados dá-me mais tranquilidade e daí a evolução.”

A Efapel tem-se pautado por ser a equipa que mais batalha na Volta a Portugal contra a favorita W52-FC Porto. Este ano, o grupo promete a mesma luta diária.

HC: “O Porto é, sem dúvida, a equipa de referência que todos temos para a Volta e não seremos só nós o principal adversário, mas seguramente iremos dar luta como sempre, porque não temos nada a perder e iremos arriscar sempre que possível para tentar vencer. É difícil, mas se fosse fácil não estávamos cá nós, estavam outros. Espero que seja um bom espectáculo e que se possível consigamos vencer.”

A vitória é o objectivo da Efapel e para Henrique Casimiro passa pela cabeça vestir a amarela.

HC: “Eu acredito que cerca dos 150 ciclistas, que alinham amanhã, a todos lhes passa isso pela cabeça e eu não sou excepção. Obviamente que me passa pela cabeça e se a vestir tudo farei para a defender com unhas e dentes. Contudo, não é tarefa fácil. Preparámo-nos para o nosso principal objectivo e tenho de agradecer todo o apoio que a equipa me tem dado até aqui.”

Henrique Casimiro (© Helena Dias)

Equipa Efapel na 79ª Volta a Portugal (© Helena Dias)

Sem comentários:

Enviar um comentário